O que são Objetivos e Resultados Chave (OKR)

Como disse John Doerr, o motivo que leva empresas como a Google, Intel e Bono a adotar um instrumento de administração conhecido como OKR não pode ser ignorado. Eles sabem o que estão fazendo e mostraram resultados concretos. (veja o vídeo com legenda aqui – vale a pena, são 12 minutos de pura sabedoria). A sigla OKR vem de Objective and Key Results (objetivo e resultados chave). Se não gosta de ouvir inglês ou ler legendas, veja o que a Beatrice, Gestora de Processos na TecnoSpeed fala sobre isso neste vídeo, ela explica com muita clareza – vale a pena assistir (são só 6 minutos).

A ideia central da técnica a execução é que mais importa. Embora pareça óbvio, é necessário explicar: o objetivo é o que desejamos e os resultados chaves são o como vamos atingir o objetivo.

Parece mais da mesma coisa para quem já está acostumado com metas e planos. Mas, o que diferencia essa técnica é que ela leva em conta o propósito. Ou seja, um objetivo sem um propósito não faz sentido e é justamente o que acabamos fazendo nas nossas vidas, na nossa família e, por fim, na nossa empresa. E, a falta de um propósito bem definido é que faz com que o objetivo seja estabelecido de forma errada e, por consequência, a forma como iremos atingi-lo também. O propósito responde à pergunta: por que?

Um objetivo deve ter 4 características essenciais:

  • significante,
  • concreto,
  • orientado para a ação e
  • inspirador.

Então temos o “por que”, respondido pelo propósito. Temos a pergunta “o que”, sendo respondida pelo objetivo e, enfim, temos os resultados chave que são o “como”. E os resultados chave também tem características essenciais:

  • são específicos e limitados pelo tempo (prazo)
  • são agressivos, mas realistas
  • são mensuráveis e verificáveis

O que chama atenção é que parecem afirmações e exigências bobas, de tão óbvias. Mas, já tentou fazer isso para a sua empresa? Pensa bem, se essa pode ser a sua chance de ter um planejamento estratégico de primeira qualidade e de maneira simples, porque não usar?

O ponto de partida é justamente a parte mais sonhadora e louca: qual o propósito de sua empresa? É essa definição que irá motivar tanto você como todos os que ouvirem seu entusiasmo ao falar do que você faz e porque seu produto ou serviço é tão importante. É o que vai motivar seus empregados mais do que o salário. É o que vai dar orgulho a eles, de trabalhar para um propósito.

Se você acha que é impossível uma empresa brasileira alcançar sucesso, veja o que a Ebanx conseguiu nesse texto (4 minutos de leitura).